Texto interessante de Jorge Abrahão que é diretor-presidente do Instituto Ethos, sobre política fiscal e tributária que incentive as atividades sustentáveis e desincentive as não sustentáveis.

Agenda brasileira para o desenvolvimento sustentável: economia para a sustentabilidade » Instituto Ethos.