O serviço de coleta seletiva está suspenso por duas semanas. Isso porque não tem capacidade para receber o lixo gerado pela população.

Na cidade, existem 1.862 condomínios residenciais cadastrados no programa de coleta seletiva e neste momento a solução adotada foi de abrir mão da separação entre os produtos recicláveis e não-recicláveis.

De acordo com especialistas, as centrais de coleta seletiva em operação na cidade de São Paulo não tem capacidade para recolher todo o lixo produzido diariamente.

Embora a coleta deva ser um responsabilidade exclusiva da prefeitura, é necessário que a população volte sua atenção ao consumo responsável. Para mais informações sobre consumo responsável, veja a matéria do link https://integridade.wordpress.com/2009/09/26/nosso-planeta/