Documento criado pelo economista Nicholas Stern que trabalhou como consultor para o governo britânico e ex-economista-chefe do Banco Mundial.

Ele recebeu a tarefa de redigir um relatório completo sobre o aspecto econômico da mudança climática, com o objetivo de fornecer uma compreensão melhor da natureza dos desafios e de como eles podem  ser enfrentados em um nível global. Embora não tenha sido o primeiro relatório desse tipo, é o mais completo, acessível e conhecido com suas 700 páginas foi publicado em 2.006 e pode ser encontrado no link

http://webarchive.nationalarchives.gov.uk/+/http:/www.hm-treasury.gov.uk/independent_reviews/stern_review_economics_climate_change/stern_review_report.cfm.

Se quiser posso lhe mandar a versão em PDF. Mande um e-mail para responsavelsocial@gmail.com com a solicitação.

A conclusão final do relatório foi a seguinte:

Para que se evitem os piores efeitos da das mudanças climáticas é necessário investir por ano 1% do PIB global. Assim seria atingido um nível de estabilização de 550 ppm (Partes por Milhão) de CO2 equivalente ou menos, depois que as emissões chegassem ao máximo no próximos 10 anos e fossem diminuindo entre 1% e 3% por ano até 2.050. Se não houver um investimento dessa magnitude, o PIB global poderá chegar a ser 20% menor do que seria com o combate aos efeitos da mudança climática.

Existem muitas outras informações no relatório. É uma contribuição muito importante e deve ser levada em consideração. O relatório deixa claro que a questão não é mais se a humanidade terá recursos para tomar uma atitude mas sim se poderá pagar para ver as conseqüências.

Os países devem realmente chegar a um consenso na COP-15 para determinar as políticas de redução das emissões de gases e a humanidade deve abraçar este movimento.