sangue

A Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo está convocando a população para doar sangue. No mês passado, o estoque sofreu queda de 40%. Os principais motivos são o frio e o receio de freqüentar hospitais por conta da gripe A/H1N1.

Para doar sangue é necessário ter entre 18 e 65 anos, pesar no mínimo 50 quilos, estar descansado (evitar alimentação gordurosa nas 04 horas que antecedem a doação) e ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas que antecedem a doação.

Para quem quer ajudar, a lista dos postos de coleta está no site da Secretaria: http://www.saudesp.gov.br

Algumas informações sobre os tipos de sangue

O sangue humano é classificado em grupos e subgrupos, sendo os mais importantes o ABO (A, B, AB e O) e o Rh(positivo e negativo).

No Brasil, os grupos sanguíneos mais comuns são o O e o A. Juntos eles abrangem 87% de nossa população. O grupo B contribui com 10% e o AB com apenas 3%.

O sangue O Negativo é conhecido como universal. Pode ser transfundido em qualquer pessoa. Mas apenas 9% dos brasileiros possuem esse tipo sanguíneo. É muito utilizado pelos hospitais pois é o sangue que salva em situações de emergência.

O tipo O Positivo é o sangue mais utilizado no Brasil. O estoque de um hemocentro deve ter, no mínimo, 50% desse tipo sanguíneo.